quinta-feira, 22 de março de 2012

Privilégio


O amor é privilégio de gente que é gente e tem conteúdo!

O ódio é o bicão que só escolhe casas desabitadas e vazias, e só tem acolhida em gente que não cresceu. Criança não odeia, só gente que se esvaziou. Além disso, o ódio só pode nascer onde um dia houve amor.

O coração humano, por direito, pertence ao amor e, se deixa lugar para o ódio, é sempre um traidor.

Os maiores traidores da humanidade são aqueles que não sabem perdoar. O indivíduo mais rasteiro é aquele que se orgulha de não amar e não constituir familia.

Tenho medo desse tipo de gente; é preciso orar e lutar muito para não me julgar superior a eles, por que o amor sou eu também!!!

Desconheço a autoria.

.

0 comentários:

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.