domingo, 22 de janeiro de 2012

Se eu fosse um padre...


Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões, não falaria em Deus, nem no pecado - muito menos no Anjo Rebelado e os encantos das suas seduções,

Não citaria santos e profetas: nada das suas celestiais promessas ou das suas terríveis maldições...

Se eu fosse um padre eu citaria os poetas, rezaria seus versos - os mais belos - desses que desde a infância me embalaram e quem me dera que alguns fossem meus!

Porque a poesia purifica a alma ...

A um belo poema - ainda que de Deus se aparte - um belo poema sempre leva a Deus!

Mario Quintana.

.

0 comentários:

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.