segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Paz


Despir uma peça e outra da ansiedade, deixar o tempo das coisas fluir em paz,  afrouxar a ideia fixa um pouquinho, diminuir o volume da barulheira mental, mudar o  destino do foco, só pra variar, mesmo que nem dure muito, costuma criar um lugar de  descanso aprazível e reparador na vida da gente.

Quando não há mais nada que possamos fazer para tentar modificar algumas  circunstâncias, o que existe de mais confortável no mundo é a liberdade da entrega e a  coragem da aceitação de que as coisas possam ser simplesmente como são.

Ana Jácomo.

.

0 comentários:

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.