segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Castelos de areia

 
 
Num dia de verão, eu estava na praia observando duas crianças brincando na areia.

Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia com torres, passarelas e passagens internas.

Quando estavam quase acabando veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma.

Achei que, depois de tanto esforço e cuidado, as crianças cairiam no choro, mas tive uma surpresa: em vez de chorar, correram pela praia, fugindo da água, rindo, de mãos dadas e começaram a construir outro castelo.

Compreendi que havia aprendido uma grande lição: gastamos muito tempo da nossa vida construindo alguma coisa e, mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir tudo o que levamos tanto tempo para construir.

Mas quando isso acontecer (e aqui eu digo, se isso acontecer), somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar, será capaz de sorrir!!!

Só o que permanece é a amizade, o amor e o carinho!

O resto é feito de areia!

Desconheço o autor.

.

2 comentários:

attilio imbroisi filho disse...

fantástico, vou levar para alguns blogs...bjim

shabatt realgarden disse...

LINDO , ADOREI ...ESPERO QUE CONTINUEI COM ESTAS MARAVILHOSAS PALAVRAS QUE TORNAM A ESCRITA MAGNIFICA , FORÇA ...UMA EXCELENTE NOITE .

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Pesquisa

Carregando...

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.