terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Bananas



Certo homem, que vivia a viajar pelo mundo em busca de novos lugares e novas pessoas, resolveu passar algumas semanas num mosteiro do Nepal. 

Numa tarde, entrou num dos muitos templos do mosteiro e encontrou um monge sorrindo, sentado, próximo ao altar. 

- "Por que o senhor está sorrindo?" - perguntou ao monge. 

- "Porque entendi o significado das bananas" - disse o monge, abrindo a bolsa que carregava, e tirando uma banana podre de dentro. 

- "Esta é a vida que passou e não foi aproveitada no momento certo... Agora é tarde demais..."

Em seguida, tirou da bolsa uma banana ainda verde. Mostrou-a, tornou a guardá-la e disse: 

- "Esta é a vida que ainda não aconteceu. É preciso esperar o momento certo."

Finalmente, tirou uma banana madura, descascou-a e, dividiu-a com o viajante dizendo:

- "Este é o momento presente. Saiba vivê-lo sem medo."

Desconheço a autoria.

.

0 comentários:

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Pesquisa

Carregando...

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.