quinta-feira, 7 de abril de 2011

Um dia daqueles


Todo mundo tem um dia "daqueles".

São dias miseráveis, quando você se sente um lixo, sem ânimo para nada, sozinho no mundo e literalmente acabado. São dias em que você se sente minúsculo, insignificante e tudo parece fora de alcance.

Em dias assim, você pode se tornar paranóico, achando que todo mundo está a fim de te pegar. Você se sente frustrado e ansioso.

Num dia daqueles, você se sente mergulhado num oceano de tristeza. Você fica a ponto de se derreter em lágrimas, sem ao menos saber por quê.

Você se sente como se estivesse perambulando pela vida sem propósito e nem sabe quanto tempo mais dá pra segurar...

E nem precisa muito para começar um dia daqueles; talvez você acorde sentindo que sua cara não está das melhores, descubra algumas novas rugas, que ganhou alguns quilinhos ou que nasceu aquela espinha no nariz.

Qualquer que seja a razão, você acaba convencido de que alguém lá em cima não vai com a sua cara...

Ai, o que fazer? O que fazer?

Bom, se você é como todo mundo, pode se agarrar à crença idiota de que tudo há de dar certo no fim. Daí, você vai passar o resto da vida oçhando por cima do ombro à espera da próxima cilada que o destino está reservando para você.

Vai se tornar cínico e rabugento, ou uma vítima chorona e patética. E a coisa vai por ai, até você se sentir deprimido, com vontade de deitar-se e implorar para que a terra o engula de uma vez. Ou, o que é pior, achar que não dá mais pra tocar em frente.

Isso é uma loucura, porque só se é jovem uma vez e não se fica velho duas vezes. Quem pode dizer as coisas fantásticas que estão logo ali, no virar da esquina?

Afinal de contas, o mundo está cheio de descobertas surpreendentes, coisas que você nem imagina!

Então pare de se esconder pelos cantos. É hora de ir à luta! Aceite o fato que você vai ter de deixar para trás uma certa carga emocional, tente ver as coisas de outro ângulo.

Orgulhe-se de ser quem você é, mas nunca perca a capacidade de rir de si mesmo. Isto é bem mais fácil quando você está no meio de gente alegre.

Viva cada dia como se fosse o último, porque um dia vai ser mesmo. Não exite em abocanhar mais do que você pode, assuma riscos. Jamais recue. Meta as caras, vá em frente!

Afinal de contas, a vida não é uma loucura? Bom, pelo menos eu acho.

Bradley Trevor Greive

.

1 comentários:

Anne Lieri disse...

Muito legal seu texto!Para trazer esperança a todas as pessoas!Gostei muito!Bjs,

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Pesquisa

Carregando...

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.