terça-feira, 7 de julho de 2009

O poder de nossas escolhas

Coisas ruins não são o pior que pode nos acontecer.
O que de pior pode nos acontecer é NADA.
Uma vida fácil nada nos ensina.
No fim, é o que aprendemos o que importa:
o que aprendemos e como nos desenvolvemos.
Traçamos nossas vidas pelo poder de nossas escolhas.
Quando nossas escolhas são feitas passivamente,
quando não somos nós mesmos que traçamos nossas vidas, nos sentimos frustrados.
Uma pequena mudança hoje pode acarretar-nos um amanhã profundamente diferente.
São grandes as recompensas para aqueles que têm a coragem de mudar, mas essas recompensas acham-se ocultas pelo tempo.
Geramos nossos próprios meios.
Obtemos exatamente aquilo pelo que lutamos.
Somos responsáveis pela vida que nó próprios criamos.
Quem terá a culpa, a quem cabe o louvor, senão a nós mesmos?
Quem pode mudar nossas vidas, a qualquer tempo, senão nós mesmos?
Deus sabe que isto é verdade
Richard Bach

2 comentários:

Oswaldo Linhares disse...

lindo e sábio texto. De fato uma vida sem experiência não nos traz sabedoria. Ação, decisão, persistência diante da adversidade, são parte da vida, da nossa natureza. Alegrias e tristezas vem e vão continuamente. Alternando-se, uma a acada vez, e com ambas devemos aprender e crescer.
Parabéns pelo seu blog. Sou seu leitor e admirador , continue a nos brindar com textos e reflexões importantes como tem feito.
Oswaldo Linhares

Joe disse...

É isso aí!
Chega de hipocrisia dessa gente que fica botando a culpa em Deus, no destino, no horóscopo, no tempo e sei-lá-mais-o-que pelo rumo de suas vidas!
Cabe a cada um de nós escolher o próprio caminho, as pessoas e os fatos!
Mas, é mais fácil jogar a responsabilidade nos ombros dos outros, né, do que assumir as rédeas da própria vida!!!

Gostei do texto! Parabéns!!!

Beijusss!

Sobre mim

Minha foto
Claudia Mei
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Sitemeter

Visualizações de páginas

Tecnologia do Blogger.